Skip to content

O Papa fala no «genocídio» dos Arménios e a Turquia chama o seu embaixador

Abril 12, 2015

PapaFranciscoEApostólicoArménio

O Papa Francisco e o chefe da Igreja Arménia ortodoxa, Karekin II, na praça de São Pedro, em Roma, domingo

Ontem, domingo, numa missa com o episcopado da Igreja Apostólica da Arménia (a confissão de Calouste Gulbenkian) pelos arménios massacrados, o Sumo Pontífice afirmou que «muitos» designam esse massacre como o «primeiro genocídio do século XX», que situou ao par dos perpetrados pelos totalitarismos nazi e comunista russo. A Turquia qualificou a frase papal de «parcial e inadequada», tendo chamado o seu embaixador na Santa Sé, para consultas.

As palavras do Papa Francisco repetem as de João Paulo II mas tiveram mais eco pois foram proferidas no Vaticano e poucos dias antes da data das comemorações do massacre, promovidas pela Arménia. O Papa conservou um modicum de prudência, pois citou a acusação de genocídio, e repetiu-a sem inovar; Ankara respondeu com firmeza mas sem proceder a uma escalada.

As palavras do Papa Francisco explicam-se pela sua declarada vontade de proteger os cristãos no Médio Oriente, sobre os quais impendem numerosas ameaças. O governo turco tem sido acusado de excessiva benevolência face aos fundamentalistas islâmicos no vizinho Iraque e de pressão excessiva sobre o regime sírio, de Bachar-al-Assad, que mantém a liberdade religiosa, incluindo os cristãos. Veremos se as palavras do Sumo Pontífice têm algum efeito sobre a Turquia e sobre a comunidade internacional.

A maioria dos historiadores considera que o Império Otomano matou 1,5 milhão de arménios em 1915-1917, mas a Turquia não admite mais de meio milhão mortes e recusa a classificação de genocídio, qualificando de militar a sua ação, destinada a vencer uma revolta de arménios, então elementos daquele Império. A questão de genocídio reveste por isso uma dimensão eminentemente política e é do domínio público que Ankara lhe é muito sensível.

A Arménia e a Turquia opõem-se por causa do estatuto do Nagorno-Karabakh, uma região do Azerbeijão, governada de facto desde 1994 por uma república cristã independente e sem reconhecimento internacional, exceto da Arménia. O Azerbeidjão é muçulmano e é apoiado por Ankara.

TurquiaAlevisCurdos

Os alevis (xiitas) estão representados a azul: quanto mais forte, maior é a sua proporção. Os curdos estão assinalados a castanho. Clicando no mapa, aumenta-o.

A Turquia abriga no seu território uma forte minoria curda, com a qual nos últimos anos parece ter mantido relações mais pacíficas; é um dos raros Estados laicos do Médio Oriente, na sequência da proclamação da República e das medidas de Ataturk, sobretudo nos anos 1930. O seu governo, do AKP, é islâmico mas tem respeitado a laicidade, embora haja queixas sobre alguma erosão dela. Do ponto de vista das confissões religiosas presentes no terreno, afirma-se por vezes que a Turquia é um país 99 % muçulmano, com ínfimas minorias ortodoxas, católicas latinas, greco-católicas e judaica. O que, sem ser falso, é incompleto: a maioria dos turcos, uns 70% perfilha o sunnismo, ao passo que cerca de 25% adota o alevismo, um ramo do xiismo (ver o mapa), a que acresce uns 0,4% de alauítas, a confissão dominante na Síria de Bachar-al.Assad. Ora, talvez por acaso, os alevis turcos residem sobretudo na fronteira com a Síria, precisamente na região deste país em que a maioria é também xiita. A laicidade não impede o Estado turco de manter uma Presidência dos Assuntos religiosos, com um orçamento superior ao do ministério da Administração Interna; os alevis queixam-se que a Presidência favorece os sunnitas.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Abril 13, 2015 5:27 pm

    Um leitor enviou o seguinte comentário;
    «Muito digna e corajosa a referencia de Francisco ao genocidio!»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: