Skip to content

Em Lisboa, credos abraâmicos + hindús rezam contra o terrorismo face ao Estado

Janeiro 25, 2015

CruzCrescenteEstyreladeDavid

Sexta feira passada, os muçulmanos na mesquita central de Lisboa rezaram pela paz, como resgate dos atentados de Paris. Sábado foi a vez dos judeus, na sinagoga do Rato. Ontem, domingo, foram os católicos, na igreja de Santo António de Campolide. A iniciativa do presidente da Junta de Freguesia de Campolide, André Couto.

Mas as confissões agiram como religiões. David Munir, imã da mesquita central, disse: «O Senhor é único e é o que dá e tira a vid». O presidente da comunidade judaica em Lisboa, José Oulman Bensaúde Carp, disse à Lusa que «são mais as coisas que unem os três credos do que as que dividem». Os três credos são os abrâmicos, um conceito que tem sido propugnado pelo Dr. Abdool Karim Vakil, presidente da comunidade islâmica de Lisboa. É interessante registar que, já fora da tradição abraâmica, a comunidade hindú, do Templo de Shiva, se aliou à oração, tendo Apurv Jani salientado: «a única diferença é a forma como oramos, mas fazemo-lo todos ao mesmo Deus».

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: